Dos 27 entes consorciados, 17 deles contarão com Bases Descentralizadas do SAMU implantadas em seu município. Os demais serão referenciados de acordo com a Central de Regulação das Urgências do SAMU 192.

As Bases Descentralizadas poderão acomodar mais de uma equipe, consequentemente mais de uma ambulância. Logo, todos os municípios que receberão uma Base Descentralizada também receberão uma ou mais ambulância.

Nesse sentido, o SAMU 192 Triângulo Norte conta com 1 Central de Regulação das Urgências, 1 Ponto de Apoio à Central de Regulação, 22 Bases Descentralizadas, 26 Unidades de Suporte Básico – USBs e 5 Unidades de Suporte Avançado – USAs, perfazendo um total de 31 ambulâncias para viabilizar o atendimento prestado pelo SAMU-192 na Região Triângulo do Norte.

O SAMU 192 na Região Triângulo do Norte está integrado com as Unidades de Resgate 193 do Corpo de Bombeiros Militar que também assistem a região. Os pelotões do CBMMG localizados nos municípios de Uberlândia, Patrocínio, Ituiutaba e Araguari são compartilhados com o SAMU 192 para operacionalização de algumas Bases Descentralizadas do SAMU 192.

Os municípios que não contam com pelotão do CBMMG organizaram espaços em Unidades de Saúde e/ou estruturas públicas para compartilhamento com SAMU 192, com objetivo de operacionalizar a Base Descentralizada naquele território.

A Central de Regulação das Urgências do SAMU 192 tem sua sede no Município de Uberlândia instalada no imóvel da 9ª Região Integrada de Segurança Pública – RISP. Este imóvel é compartilhado por órgãos de segurança pública já instalados no local, como o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Civil.

Com a integração do SAMU 192 e as Unidades de Resgate 193 do CBMMG, tanto o acionamento do tridígito 192 quanto do 193 ao que se referir à demanda de atendimento pré-hospitalar móvel será regulado por uma única Central Regulação de Urgência, vinculada ao SAMU 192, evitando empenho de ambulância e de unidades de resgate ao mesmo tempo e para o mesmo objetivo sem alinhamento e comunicação.

A integração entre SAMU 192 e Unidades de Resgates 193 do CBMMG tem como princípios norteadores:

  • Prestação de serviço de urgência e emergência com qualidade e rapidez à população;
  • Integração, cooperação mútua e trabalho participativo entre CISTRI e CBMMG;
  • Eficiência na organização e gestão, de forma a garantir o emprego racional dos recursos e evitar duplicidade de empenho de viaturas.
  • Compartilhamento entre CISTRI/SAMU 192 e CBMMG de software, informações e banco de dados relativos aos atendimentos pré-hospitalares;
  • Padronização de procedimentos e condutas operacionais entre as equipes;
  • Capacitação e treinamento continuado das equipes;
  • Gestão local e regional integrada do serviço de atendimento pré-hospitalar móvel.

A Deliberação CIB-SUS/MG nº 1.690, de 10 de dezembro de 2013, aprovou a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU-192 na Região Ampliada de Saúde Triângulo do Norte e definiu o quadro de distribuição de Unidades de Suporte Básico e Avançado.

QUADRO DE DISTRIBUIÇÃO UNIDADE DE SUPORTE BÁSICO – USB E DE UNIDADE DE SUPORTE AVANÇADO – USA  POR MUNICÍPIO